Segunda-feira, 10 de Outubro de 2011

A última paixão...

Tanto que a namorei.

Tantas vezes a admirei e desejei. 

Tantas as vezes que subtilmente lhe pegava, suavemente, para a sentir.

Tantas e tantas vezes que admirava cada contorno, cada posição dela, admirando-a cada vez mais.

E um dia disse: 

-Tens de ser minha!

Os meses passaram e não arranjava coragem. Aproximava-me devagar e, depois, fugia, envergonhado, incapaz de lhe dizer o quanto a desejava.

Mas, paixão é paixão. E cegava de não a poder ter comigo.

Mas, fiz um esforço. Um esforço calculado, passo a passo, medido meticulosamente por cada consequência que dali podia advir.

Ainda hesitei mas... o sentimento falou mais alto que a razão. E, embarquei nesta última paixão.

Cansado de avanços e recuos, cheguei-me junto dela, olhei-a, peguei-lhe e, decididamente, sem mais hesitar, disse-lhe: 

-Hoje, a partir de hoje, és minha!

 

Agora só anseio pelos pequenos momentos que passemos a dois. Levá-la comigo, bem junto a mim, segurando-a bem na mão.

Quero levá-la a olhar o meu mundo.

Quero que ela guarde em si esses momentos.

Quero, com ela, descobrir outros mundos, esperando que ela me faça ver melhor e mais longe.

Quero que seja a minha memória e os meus olhos.

Quero que seja a companheira de muitas viagens, andando sempre a meu lado.

E, para quem gosta delas, digam-me lá se não é mesmo de ficar doido por ela?

Pois, com um corpinho destes, quem não se perde?
Vão-me dizer que há melhor? Ah, pois há... 
Mas... não fazem a mesma coisa...

publicado por Francisco às 00:59
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De sentaqui a 10 de Outubro de 2011 às 09:51
Paixões quando surgem devem agarrar-se na hora e esta é daquelas que nem dá para pensar.
Bela escolha!
A partir de hoje nada será como dantes.
E que sejam felizes para sempre!
Abraço


De Francisco a 10 de Outubro de 2011 às 17:09
Será amor eterno... enquanto durar...
E, já hoje fui dar uma voltinha com ela. Vamos ver do que ela e eu fomos capazes...


De SílviaGraça a 11 de Novembro de 2011 às 23:41
Ando a desejar a mesma máquina. Estou tão apaixonada por ela, não há vez que a encontre que não lhe pegue e a enamore por um pouco.
Anseio por lhe pegar e já sendo minha tirar umas belas fotografias, por passear com ela pelas ruas, pela praia que tanto é alvo da minha pequena objectiva com uns 5anos.

Aí quem me dera...

SílviaGraça


De Francisco a 13 de Novembro de 2011 às 00:14
É uma máquina... apaixonante.
Quanto mais a experimento mais gosto dela. Só as oportunidades têm sido poucas por agora.
Mas, estou muito contente com a minha.
Obrigado pela sua visita


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 31 seguidores

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Arco

. Ave...

. Natureza

. ...

. Aberystwyth

. Londres

. Homem-estátua 2...

. Homem-estátua...

. Nevoeiro...

. Deixa-me olhar...

.arquivos

. Outubro 2017

. Julho 2013

. Junho 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

.tags

. gata

. jardim da estrela

. jardins

. moínhos

. nevoeiro

. oriente

. rega

. todas as tags

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds